...

Compartilhe

Ajude o blog a sobreviver!!! Compartilhe e clique em nossos anúncios!!! É só clicar!!! XD OBRIGADO!
Share |

11 de jul de 2011

Quem é Chip Foose?

Conheça um pouco mais sobre quem é, sua importância e alguns projetos do mago dos hot rods, Chip Foose

Quando o assunto é hot rod, nos últimos anos é impossível não mencionar o nome de Chip Foose. Atualmente o americano é, provavelmente, o mais lembrado, conceituado e badalado projetista e construtor de hot rods. Basta digitar no Google, em inglês, “melhor designer de hot rods”, que seu site e seu nome já figuram na primeira posição da busca.

Embora no “mercado” desde o início da década de 90, o americano ficou conhecido mundialmente através dos programas gravados pela TLC e transmitidos aqui no Brasil pela Discovery Channel. Inicialmente com o Rides e, depois, em um programa baseado em seus projetos: o Overhaulin’. Seduzidos pelos magníficos projetos, muitos que nem se interessavam pelo mundo automotivo passaram a ver os carros, Foose e seus projetos com outros olhos.

Nascido em Santa Barbara, na Califórnia, em 1963, desde criança está ambientado ao mundo da customização. Seu pai, Sam Foose, é um especialista em restauração e customização. Na oficina desde os sete anos, seu primeiro projeto (um Porsche) foi realizado aos 13. Posteriormente resolveu profissionalizar seus projetos e ingressou em 1982 na “Art Center College of Design”, conceituada escola no mundo do design automotivo localizada em Pasadena. Após dois anos de curso, abandonou por dificuldades financeiras – as más línguas dizem que foi seu gênio que o fez abandonar o curso – retornando ao “College” quatro anos depois e se formando em 1990.

No início da década de 90 começou a trabalhar na Stehrenberger Design como designer automotivo, criando vários projetos conceito. Ainda nessa época, trabalhava parte do tempo ajudando em projetos do reconhecido construtor Boyd Coddington. Em 1993 abandonou a Stehrenberger para um projeto na Ford. Mas foi convencido por Boyd Coddington a trabalhar integralmente para ele. Lá permaneceu até 1998, quando era presidente da Hot Rods by Boyd, saindo para abrir seu próprio empreendimento em Huntington Beach, na Califórnia.


Importância
O reconhecimento de Foose, no entanto, veio um ano antes de abrir seu próprio negócio: em 1997 foi eternizado no “Hall da Fama dos Hot Rods”, sendo o mais jovem a receber a prestigiada coroação. Ainda antes de figurar nas TV’s, Foose foi o projetista escolhido para fazer um modelo especial do Mustang, uma releitura do Shelby GT 500 para ser utilizado no filme “60 Segundos”.

No período de 11 anos, foi agraciado por sete vezes com o prêmio anual “America’s Most Beautiful Roadster Award” - o roadster mais bonito das Américas (entre eles com o Boydster, um Ford ’32 Coupé construído em 1996). Venceu também três premiações do “Detroit Autorama Ridler” em quatro anos e por sete vezes o “Good Guys Street Rod of the Year”. Só por curiosidade, construiu carros para pessoas como John Travolta, Tim Allen, Lance Armstrong, Nick Lachey, entre outros.

No Overhauling’, onde ele fez mais de 80 projetos com diversos carros, de diferentes estilos e épocas. Um dos melhores programas foi quando o próprio Foose foi “enganado e teve seu carro envenenado”. O veículo em questão, uma Ford F-100 tinha um grande valor sentimental na família. Disposto a reformar, havia feito o projeto com os desenhos há alguns anos, mas nunca sobrou tempo para por em prática. Até o dia que a picape foi revelada pela equipe do programa e por seu pai, fazendo Foose ir às lágrimas.


Pessoal
Em seus projetos, sempre traz algumas características suas, como a curvas limpas e estilo “shaved”. Segundo o próprio, seu objetivo sempre é modificar o carro de modo que pareça original, como se tivesse saído de fábrica daquela maneira.

Uma das coisas que mais chama a atenção em Foose é seu esforço e prestatividade. Apesar de projetista, nos programas do Overhauling’ não era raro vê-lo trabalhar dias seguidos, sem dormir. É daqueles construtores que botam a mão na massa, “não basta criar, tem que participar”.

Em 2007 ele lançou o projeto do Hemisfear. O carro é um desenho antigo de Foose, de 1990, que tomou formas e foi apresentado no SEMA de 2006. Então, em 2007, iniciou a produção de 50 “Foose Coupé” – como também é conhecido o Hemisfear. O “antecessor” do Hemisfear foi utilizado pela Chrysler como base do Prowler.

Hoje, Chip continua morando na Califórnia com sua esposa e seus dois filhos e trabalhando na sua “Foose Design”. Ele também é vice presidente da Fundação Californiana de Pesquisa de Progeria (doença que traz envelhecimento precoce).


No Brasil
Muito querido também no Brasil, Foose desembarcou em terras tupiniquins por três vezes no X-treme MotorSport, em São Paulo, onde fez projetos com um Opala, um Uno, um Ka, entre outros.









































Fonte: Intoxica